2017 NOV 10
2017 NOV 13
2017 NOV 14

PUBLICAÇÕES DIALOGARTS

(www.dialogarts.uerj.br)


Normas de Formatação de Originais para Submissão à Publicação de Livros

ATENÇÃO: Trabalhos submetidos em desconformidade com as normas não serão sequer enviados para avaliação, ficando, automaticamente, descartados.

O texto dos capítulos, da apresentação (se houver), do prefácio (se houver) e outros deve ser digitado em Word for Windows (“.doc”, “.docx” ou “.rtf”), em formato A4, 3cm nas quatro margens (inferior, superior, direita e esquerda), fonte Times New Roman, tamanho 12, entrelinhamento de 1,5, com recuo de 1,25 na primeira linha do parágrafo e alinhamento justificado. Os textos devem ter entre 10 e 15 páginas.

O título dos capítulos, da apresentação (se houver), do prefácio (se houver) e outros deve estar centralizado, digitado em CAIXA ALTA, em fonte tamanho 14 estilo negrito. Utilizar itálico apenas para referir título de livros (se referidos na composição) dentro do título do trabalho.

O(s) nome(s) do(s) organizador(es) ou do(s) autor(es) do livro e dos capítulos deve(m) ser informado(s) em documento à parte, em Word for Windows (“.doc”, “.docx” ou “.rtf”), em formato A4, 3cm nas quatro margens (inferior, superior, direita e esquerda), fonte Times New Roman, tamanho 12, parágrafo com entrelinhamento simples, sem recuo na primeira linha. O texto deve ser escrito em parágrafo único, com as informações distribuídas uniformemente por períodos, contendo dados sobre (1o) sua formação (apenas o maio título); (2o) seus vínculos institucionais universitários (apenas a sigla da universidade, sem informações da unidade acadêmica, seguida da indicação de câmpus, quando necessário) e com agências de fomento (quando for o caso); (3o) níveis de atuação (Doutorado, Mestrado, Graduação) e áreas, subáreas ou especialidades (se julgar importante); (4o) produção bibliográfica mais significativa (máximo de 3 títulos); (5o) participação em grupos de pesquisa, grupos de trabalho, núcleos ou centros de pesquisa ou estudos (quando julgar importante); (6o) Prêmios e distinções relacionados à área; (7o) áreas de interesse de pesquisa (máximo de 5); (8o) link de aceso ao CV_Lattes (quando houver); (9o) link de aceso a página pessoal (quando houver); e (10o) e-mail.

Os títulos das seções (caso existam) , dentro de capítulos, devem ser digitados em CAIXA ALTA e em estilo negrito, com fonte de tamanho 12, idêntico ao do texto, em parágrafo com entrelinhamento de 1,5, sem recuo na primeira linha e alinhamento à esquerda. Os títulos das subseções (caso existam), dentro das seções, devem ser digitados em estilo frase: Inicial maiúscula e demais minúsculas, exceto em nomes próprios que também devem ter inicial Maiúscula, em parágrafo com entrelinhamento de 1,5, sem recuo na primeira linha e alinhamento à esquerda.

As citações com até três linhas devem ser digitadas no interior do texto (em parágrafo de texto) entre aspas, em fonte normal (sem itálico), em tamanho 12. No final da citação, devem constar, entre parênteses, o sobrenome do autor, o ano e a(s) página(s) da publicação.

Atenção às aspas do texto original citado em parágrafo de corpo de texto (com até três linhas), que passam de “aspas duplas” a ‘aspas simples’.

As citações com mais de três linhas devem ser destacadas em parágrafo especial, com recuo de 4cm à esquerda e sem recuo na primeira linha, em espaço simples, com fonte tamanho 10, sem aspas (sem endentação). A indicação da fonte deve ser feita do mesmo modo que nas citações em corpo de texto (com até três linhas), não devendo ser posto ponto após o fechamento dos parênteses.

Atenção a grifos (palavras, expressões e trechos que estejam sublinhados, em negrito ou em itálico) do original citado, que devem ser assim mantidos na citação.

Caso o autor do texto em construção opte por destacar palavras, expressões ou trechos do fragmento transcrito, deverá informar na referenciação da fonte citada.

Quando o nome ou sobrenome do autor for mencionado antes da citação, não deverá ser repetido após o excerto (trecho citado). Constará entre parênteses apenas o ano e a página de onde se extraiu o trecho transcrito (excerto).

Não usar, em hipótese alguma, idem, ibidem nem op. cit.

A forma latina apud deve vir em itálico.

Palavras ou expressões-objeto (em menção) devem vir em itálico, assim como palavras estrangeiras de qualquer origem.

Na seção REFERÊNCIAS, ao final do texto, deverão ser listadas todas as fontes citadas no texto (e apenas estas), em ordem alfabética do sobrenome do autor. Em referências subsequentes de obras de um mesmo autor, seu nome deve ser substituído por 6 traços de sublinhado seguidos de ponto simples.

REFERÊNCIAS

BAKHTIN, Mikhail (1998). Questões de literatura e de estética: a teoria do romance. 4.ed.São Paulo: Hucitec.
______. (1998). “Formas de tempo e de cronotopo no romance”. In: Questões de literatura e de estética: a teoria do romance. 4.ed. São Paulo: Hucitec. p.211-362.
Atenção:

GARCÍA, Flavio; BATALHA, Maria Cristina; MICHELLI, Regina (Orgs.) (2014). (Re)Visões do Fantástico: do centro às margens; caminhos cruzados. Rio de Janeiro: Dialogarts.
REIS, Carlos (2014). “Figurações do insólito: a reversão do típico”.In: GARCÍA, Flavio; BATALHA, Maria Cristina; MICHELLI, Regina (Orgs.). (Re)Visões do Fantástico: do centro às margens; caminhos cruzados. Rio de Janeiro: Dialogarts. p.33-49.

Atenção:

Atenção:

Evitar, ao máximo, as notas de rodapé, que devem ser usadas exclusivamente para comentários indispensáveis ao desenvolvimento da exposição, nunca para citações bibliográficas.

ILUSTRAÇÕES

Se as houver, devem ser indicadas no texto, porém encaminhadas como anexos numerados seguindo a ordem que as indicará no interior do texto. Ex: Figura 1, Figura 2 etc.
Arquivos de imagem devem vir com resolução de 300dpi.
Cada figura deverá ter um título que a identifique.
Quando usadas figuras de autoria externa, deve-se informar o crédito de autoria em nota de rodapé.

Se forem usadas TABELAS, estas devem seguir o padrão simples e devem vir numeradas e seguidas de título explicativo, digitado em fonte Times New Roman, tamanho 10, estilo negrito, em parágrafo com entrelinhamento simples, sem recuo na primeira linha e alinhamento centralizado

EXPRESSÕES DO TEXTO COMENTÁRIO FUNÇÃO SEMIÓTICA
Os quatro pelos da calva Sugere comportamento animal, pois quatro remete a quadrúpede. Índice-ícone
Quase orgulho Deboche do narrador em relação ao sentimento da vila para com Maria da Piedade. Índice
A procuradora do primo... Expressão ambígua, porque pode significar: no Direito, significa quem tem procuração; no conto, alguém que procura. símbolo-índice-ícone

SIGLAS ou abreviaturas. caso utilizadas, devem ser explicitadas em uma tabela.

Não deixar parágrafos em branco (sem texto), ou seja, sem digitação de caractere imprimível.

Não deixar, ao longo do texto, espaços em branco (toques no espacejador), sem digitação de caractere imprimível, à exceção do espaçamento único (apenas um toque na barra de espaço), necessário entre palavras ou entre a pontuação utilizada e a palavra que vem a seguir.

Não deixar, no final dos parágrafos, espaços em branco (toques no espacejador), sem digitação de caractere imprimível, à exceção do recuo de 1,25 na primeira linha do parágrafo, quando não se tratar de parágrafo de citação.

Não numerar as páginas.

Não inserir nem cabeçalho nem rodapé.

Aspectos a serem observados para a submissão:

  1. Trabalhos submetidos em desconformidade com as Normas de Formatação de Originais não serão sequer enviados para avaliação, ficando, automaticamente, descartados;
  2. O Dialogarts Publicações é um projeto extensionista da UERJ, com perfil de editora;
  3. O projeto dispõe de equipes para tratamento técnico dos textos, criação de capa, diagramação do livro e sua consequente finalização em seu formato editorial para publicação;
  4. O projeto somente pode garantir as publicações digitais, em seu endereço eletrônico, mas não publicações em suporte papel, porque não dispõe de serviços de gráfica;
  5. As edições impressas em suporte papel são realizadas por empresa gráfica externa à UERJ, devidamente contratada para o serviço, e custeadas pelos próprios interessados (organizadores ou autores), com recursos pessoais ou oriundos de financiamentos;
  6. Como não se trata de uma empresa, o Dialogarts Publicações não pode emitir nota fiscal;
  7. Consideradas suas características de projeto extensionista, o Dialogarts Publicações não atende a demandas que se limitem, exclusivasamente, à publicação, seja em seu endereço eletrônico, seja em serviços gráficos contratados;
  8. Todo o processo de produção de uma publicação, tanto no que se refere ao tratamento técnico dos textos que compõem o miolo do livro, quanto no que toca à criação de capa e à diagramação do volume, é tarefa assumida pelas equipes do projeto, aceitando-se sugestões, mas não produtos acabados;
  9. Os proponentes da publicação se responsabilizam legalmente pelo conteúdo publicado, em supor digital ou em papel, não cabendo ao Dialogarts Publicações avaliar questões de ordem autoral ou jurídica, mas apenas a qualidade técnico-cientifica do material;
  10. Não há relações comerciais entre o Dialogarts Publicações e os autores ou organizadores das publicações, salvo na intermediação de pagamento de taxa para a solicitação de ISBN, feita à Agência Nacional do ISBN, da Fundação Biblioteca Nacional, ou da contratação de serviços gráficos;
  11. Independentemte do resultado da avaliação das submissões, feita por membros dos Conselhos e Comitês ou por pareceristas ad hoc, a coordenação do Dialogarts Publicações garante para si o direito de recusar, sem necessidade de explicitar os motivos, qualquer publicação.
  12. A submissão de propostas pressupõe tácita aceitação das regras explicitadas.